Contratação de fotógrafos de casamento: o que ter em conta

Olá caríssimos cibernautas
Como estão todos por aí? Eu sou o Duarte e tenho 36 anos. Como sou viciado em fotografia há mais de duas décadas, após ponderar muito, considerei que já estava na altura de criar um blogue sobre este tema. Como tal, apresento-vos então este meu espaço, que irá retratar o mundo fotográfico dos fotógrafos de casamento e dos fotógrafos de eventos em geral, um mundo onde podem saber todos os segredos e os mais importantes aspectos da vida de quem se dedica a esta profissão dia e noite. Vamos a isso?
Começamos com uma das indecisões mais frequentes que me chegam aos ouvidos: como contratar um fotógrafo para o vosso casamento. Ou seja, o que ter em conta para contratarem um profissional como eu!
Em primeiro lugar, devem começar a procurar por um fotógrafo com grande antecedência, porque os bons fotógrafos de casamento têm sempre a agenda muito cheia. Por exemplo, eu já tenho o próximo ano todo preenchido com casamentos, festas de aniversário, baptizados, bodas de prata, bodas de ouro e com várias outras sessões fotográficas.
Tendo isto em mente, é importante que procurem sempre pelos melhores e mais experientes fotógrafos de casamento. Como? Analisando bem os seus portfólios, online ou de forma presencial. Esta é uma etapa muito importante, porque ficam com a ideia das competências dos profissionais, para além de perceberem se os mesmos são os mais indicados para o trabalho que pretendem que façam.
Eleitos os que apresentam os melhores trabalhos, precisam agora de ter uma pequena conversa com os fotógrafos de casamento, também para terem uma boa noção da disponibilidade dos profissionais, da sua simpatia, versatilidade, originalidade, capacidade de adaptação a qualquer problema de última hora, etc. Falar com eles é também essencial para que possam explicar muito bem o que pretendem e para receberem dicas da parte deles, o que também pode ser bastante enriquecedor para o resultado final.
Após esta pequena conversa, vão ter uma melhor noção do profissional mais adequado para a vossa cerimónia. Muitas vezes, a questão da empatia é o factor mais determinante na hora da escolha, porque, havendo empatia entre os fotógrafos de casamento e os seus clientes, as hipóteses de sucesso vão ser sempre mais elevadas. E, no fundo, um bom resultado é o que se pretende acima de tudo, não é verdade?
Por fim, a última etapa é escolher! Façam-no com a cabeça, mas também com o coração, sabendo que esta decisão tem mesmo que ser bem feita, de maneira a que o vosso casamento fique registado exactamente como querem e que não haja nenhum tipo de erros capazes de estragar este dia tão especial das vossas vidas.

Espero que vos tenha dado uma ajudinha nesta importante questão da contratação dos fotógrafos de casamento. Contudo, caso ainda tenham algumas dúvidas, contem comigo para esclarecê-las!
Cumps!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *